quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Um relato sobre a X Olimpíada de Filosofia

Juliana Gazola é aluna da licenciatura em filosofia, neste ano em seu estágio no curso optou por ter sido uma das nossas voluntárias a participar do evento. Ela elaborou em Conjunto com a bolsista do PIBID Caroline Franchesca Lima a oficina "O excesso de consciência como uma doença?!" . A seguir o relato da participação pela Juliana.


"Passada a euforia de 'hoje é o dia da etapa regional da X Olimpíada de Filosofia!!!', posso agora com mais calma avaliar as emoções que fizeram parte deste dia 29/09/2017.
Apesar de inicialmente apresentada como "requisito obrigatório" para a realização do Estágio IV, no qual estou matriculada neste semestre, a Olimpíada foi muito mais do que isso.
Foram semanas de trabalho, seja na organização, na preparação das oficinas ou no planejamento. Dias de nervosismo e angústia, que só cessaram ao ver que tudo saiu conforme o esperado, ou até melhor do que o previsto.
Porque quando chega o dia e o evento realmente ganha forma, aos poucos tudo vai adquirindo um sentido. Aliás, o melhor sentido possível, pois aquele é o momento onde você percebe que todas as noites que perdeu o sono, seja pensando em como tornar  a oficina melhor, mais atrativa; ou nas vezes em que simplesmente não conseguia dormir por conta da  ansiedade de 'faltam x dias', ou 'é amanhã!!!'; tudo isso parece um detalhe insignificante perto da sensação recompensadora que é fechar a porta da sala, puxar cadeiras extras porque as que já estavam dispostas não foram suficientes, e ver a apreensão e a expectativa no rosto de cada um daqueles estudantes.
Jovens que não estão ali por mero acaso, mas que se dispuseram a estar, por motivos diversos talvez, mas que possuem em comum a chance de acompanhar a oficina escolhida; e na medida em que a vergonha vai passando e eles sentem-se mais a vontade, até debater com os outros que ali estão, mas principalmente, de saírem pessoas diferentes das que entraram.

Pelo menos foi o que houve comigo. E espero de coração que esta oportunidade tenha sido para eles tão gratificante quanto foi para mim."

domingo, 17 de setembro de 2017

Programação da X Olimpíada da Filosofia do RS – Etapa Caxias do Sul



8h – Recepção e credenciamento
Hall de entrada Bloco E

8h30min – Abertura do Evento
Auditório do Bloco E – Sala 305

8h45 – 10h – Oficinas
Salas: 201, 203, 205, 207 e 209
Oficinas: cada estudante poderá escolher entre as cinco oficinas descritas abaixo, conforme seu interesse e de acordo com a quantidade de pessoas na sala, observando o bom senso.

10h – 10h15min – Intervalo

10h15 Assembleia Geral com apresentações dos debates das Oficinas
Auditório do Bloco E – Sala 305

11h15 – Encerramento das atividades e entrega dos certificados

Programação sujeita a alterações

Maiores informações: tenisa.boeira@gmail.com – (54) 999778605 – filescola.blogspot.com

Oficinas


Título da oficina: E conhecemos o passado?
Autores: Patric de Oliveira Peres e Mayara de Oliveira;
Ementa: A filosofia nos ajuda a duvidar de tudo? E dela mesma? Como conhecemos o nosso passado? Será que tudo o que aprendemos sobre ela é verdadeiro? Nesta oficina vamos colocar em cheque algumas ideias com mais de 2500 anos para repensarmos como e o quê, de fato, podemos compreender sobre os gregos. Para isto Platão e Aristóteles são convocados para ajudar no debate!

Título da oficina: Como podemos ser?
Autores: Danimar Bonai e Suzy Menegat;
Ementa:  Você busca entender a nossa humanidade? Será a mitologia produtiva para compreender o ser humano e sua história? Quando elaboramos uma narrativa sobre algo, aquilo carrega algum fundo de verdade? Desde que o ser humano surgiu e se reconheceu como tal, passou a buscar explicações para sua existência. Indagações sobre o que ele é e porque é assim, bem como o fato de existirem certas coisas ao invés do simples nada ocuparam sua mente. Nesse contexto a mitologia e as tragédias gregas, tratadas nesta oficina, irão nos auxiliar a pensar tais questões intrigantes.

Título da oficina: Metamorfose das punições: perspectivas da coerção disciplinar dos corpos
Autores: Éverton Luiz da Silva Lião e Maria Zilda de Oliveira Valim
Ementa: Os métodos punitivos assumiram diversas identidades ao longo da história, das terríveis violências físicas ao método moderno de controle da mente. Será que a punição é tão-somente uma maneira de castigar os delinquentes? Seria ela um meio, que sempre pretende se adequar, para o controle social e o adestramento dos seres humanos? Diante dessas provocações, deixamos o convite para investigar acerca dos estudos de Michel Foucault e o que nesse contexto irá se relacionar ao Brasil.

Título da oficina: O passado nos pertence? E o futuro vai acontecer?
Autores: Éverton Luís Ferri e Mateus Maciel
Ementa: Pensamos igual aos nossos antepassados? Como se origina nosso pensamento? Parece existir uma mudança de conteúdo, mas não de estrutura. Nesta oficina voltaremos ao período do Iluminismo para buscar respostas com David Hume, que nos deixou estudos sobre a natureza do entendimento humano. Quem for interessado por História e Ciência ficará surpreendido com o sentido que Hume dá a essas duas grandes bases do conhecimento humano.

Título da oficina: O excesso de consciência como uma doença?!
Autores: Caroline F. S. de Lima e Juliana Gazola
Ementa: “O homem é um animal político por natureza”, será? Pelo menos de acordo com Aristóteles, sim. Espontaneidade ou necessidade? Será que o homem é tão sociável e amável? Trabalhando em torno do contexto literário de “Memórias do Subsolo” de Dostoiévski, a oficina irá analisar sob ótica contratualista de Hobbes, o conflito gerado pela consciência do personagem principal. Questionando-se a respeito de sua existência e a inércia ao qual os homens se encontram, o personagem irá intitular-se como um “homem doente” (sick man).

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Michel Foucault e a nossa X Olimpíada

Entre os diversos pesadores que serão abordados na nossa X Olimpíada de Filosofia, encontra-se o filósofo francês Michel Foucault. O tema deste ano motiva reflexões acerca do que conhecemos de nossas heranças ancestrais, com vistas à história e seus desencadeamentos. Quando falamos dos desencadeamentos históricos, não necessariamente estejamos nos referindo à evolução humana. Os acontecimentos ora progridem, ora regressam, bastando vislumbrar panoramicamente os principais eventos do século passado. Perceber a história e suas oscilações nos servirá de base. Contemplando a obra Vigiar e Punir, pretendemos analisar como determinadas formas de coerção disciplinar do corpo pretendem criar uma situação de domínio e correção do homem. Daí, o aprofundamento de algumas perspectivas foucaultianas talvez possa elucidar a própria problemática das prisões e formas de controle no Brasil. Já que estamos dispostos  a analisar o passado, seria de grande relevância dar o primeiro passo com uma questão: Até que ponto nossas heranças ancestrais realmente influenciaram a sociedade em que vivemos? Para investigar essa questão, o limite deverá ser traçado com relação ao que estudaremos, a saber, as práticas punitivas. A partir daí, a pesquisa interpretativa de Vigiar e Punir nos norteará. Certamente, não faltarão provocações no desafio de compreender um pouco mais sobre nosso passado e mudanças que possivelmente influenciaram nossa atualidade. Por fim, esperamos a participação e contribuição de diversos estudantes interessados nessa busca filosófica, que acontece na manhã do dia 29 de setembro. Está perto!

terça-feira, 12 de setembro de 2017

X Olimpíada de Filosofia do RS - Etapa Caxias do Sul


O PIBID-Filosofia-UCS em conjunto com o Estágio em Filosofia IV e a coordenação do curso de Filosofia da UCS fazem o convite para a etapa regional das Olimpíadas de Filosofia.
Tema: “SE NOSSOS PASSOS VÊM DE LONGE, O QUE SABEMOS DE NOSSAS HERANÇAS ANCESTRAIS?”.
Subtema:“AINDA SOMOS OS MESMOS?”.

Quando: 29 de setembro de 2017
Horário: 8h às 11h30
Local: Universidade de Caxias do Sul. As atividades iniciarão no anfiteatro do centro de convivência da UCS ou, em caso de mau tempo, no Bloco E da Cidade Universitária).

O convite é aberto a todas as escolas da região.
As inscrições estão abertas até dia 20/09. Cada escola poderá inscrever uma delegação de até 15 estudantes (do Ensino Médio e anos finais do Ensino Fundamental), enviando a listagem nominal dos alunos que participarão da Olimpíada para o e-mail tenisa.boeira@gmail.com

Dúvidas ou maiores esclarecimentos pelo mesmo e-mail.

AGUARDAMOS VOCÊS!!!


quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Registro das atividades: 04/09 e 05/09

Início de semana movimentado na Escola São Caetano. Foram possíveis investigações acerca de discussões éticas e políticas. Assim como, se pôde compreender um pouco do contexto filosófico da Grécia Antiga, através do RPG que desenvolvemos e aprimoramos desde o ano passado. Gostaríamos de agradecer a todos que participaram, principalmente pela não obrigatoriedade de suas presenças. Esperamos vocês na Olimpíada. Eis algumas fotos de ambas as atividades:














Realização do Programa Institucional de Bolsistas de Iniciação à Docência - Filosofia, da Universidade de Caxias do Sul*

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Reunião do dia 29/08 - Planejamentos e Notícias

O grupo PIBID/Filosofia da UCS, reuniu-se na terça-feira (29/08, ontem) com intuito de ajustar os últimos detalhes na preparação das atividades que ocorrem na próxima semana na Escola São Caetano. As oficinas trazem a discussão política como principal foco, e serão aplicadas em turmas de 2° e 3° ano. Teremos por referência desde pensadores conhecidos, como Nicolau Maquiavel, até vias em que a interpretação filosófica da política torna-se possível, como é o caso do filme “O Senhor das Armas”, de Andrew Niccol.  Na postagem anterior a esta, constam algumas informações adicionais sobre essas atividades. Paralelamente às oficinas políticas, os primeiros anos da escola participarão do jogo do RPG filosófico, que se passa na Grécia Antiga e que foi melhorado desde sua última aplicação.
Num segundo momento mais amplo da reunião, discutiu-se o andamento da X Olimpíada de Filosofia do Rio Grande do Sul - Etapa Regional, que ocorre no dia 29/09 na Universidade de Caxias do Sul. O tema será o mesmo da Etapa Estadual “Se nossos passos vêm de longe, o que sabemos de nossas heranças ancestrais?”, a diferença é que acrescentou-se o subtema "Ainda somos os mesmos?" como delimitação. Em acordo com tema e subtema, algumas noções de atividades já foram encaminhadas, assim como o andamento na manhã da Olimpíada. Os convites serão feitos às escolas da região e as vagas são limitadas, caso haja interesse de participação, os professores de filosofia podem entrar em contato pelo e-mail pibidfil@googlegroups.com
Mais informações sobre a Etapa Estadual, que acontece em Porto Alegre, basta acessar o link https://www.ufrgs.br/olimpiadasdefilosofia/


                                                     Registro da reunião: integrantes do PIBID apoiados pelo Estágio IV*

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Próximas atividades para os dias 04 e 05 de Setembro

 Eaí galera que acompanha o nosso blog, estão curiosos para saber o que o grupo PIBID de filosofia está organizando? 
 Então aqui vão algumas informações: Em primeiro lugar é importante destacar o trabalho já realizado no ano passado, que foi o RPG filosófico. Este ano decidimos reutilizar o jogo por ter sido muito eficaz nas suas propostas e muito bem recebido pelos alunos. Foram feitas algumas modificações de melhora no jogo, mas a ideia principal continua a mesma. Caso estejam interessados em dar uma olhada nele, segue o link da oficina do jogo:
 http://filescola.blogspot.com.br/p/disciplina-filosofia-geografia-historia.html
 Em segundo lugar ficou definido que iriamos trabalhar com oficinas políticas, desenvolver debates e apresentar algumas noções de pensamentos que antecederam os debates políticos atuais.
 Diante das propostas de oficinas cujo tema é política, está sendo preparada uma atividade que tem como referencial a obra do escritor norte-americano Lon Luvois Fuller, intitulada “O Caso dos Exploradores de Cavernas”. Tal obra, teve grande impacto no mundo todo e foi traduzida para diversas línguas. O Brasil não ficou de fora das discussões geradas pelo livro, que inserido no idioma português, tornou-se viral principalmente nas introduções ao curso de Direito. Mas a que se deve tamanha fama? Ora, a análise do texto há de mostrar por si mesma. Tendo conhecimento da história, deverão os participantes dessa oficina tomar posse de alguma posição. Temos os que estão em julgamento, serão eles condenados ou absolvidos? Aí, só com o aprofundamento das discussões para chegarmos em alguma consideração filosófica. Em breve, estaremos enviando mais detalhes e materiais preparativos sobre essa oficina aos alunos da Escola São Caetano.
Outra oficina que está em desenvolvimento tem como referencial teórico a obra O príncipe de Maquiavel, nesta oficina pretende-se compreender as posições tomadas por Maquiavel como conselheiro dos principados de sua época, e se possível explorar algumas ideias dele na atualidade. O propósito principal da oficina será em analisar o pensamente de Maquiavel em sua época, em comparação com as ideias que os alunos forem desenvolver sobre a nossa atual situação política brasileira.
A terceira oficina está sendo elaborada a partir da obra a revolução dos bichos de George Orwell. A proposta dessa oficina é fazer uma discussão acerca das criticas do autor em relação ao totalitarismo.
 A quarta oficina trabalha com o filme O Senhor das Armas. Nesta oficina serão trabalhadas algumas teorias políticas regadas a fortes debates. Serão trabalhadas as teorias de Hobbes, Locke e Rawls. 
 Nos dias 4 e 5 estaremos prontos para aplicar o RPG aos primeiros anos e aos segundos e terceiros, as oficinas sobre política. Preparem os argumentos e até breve!

Local: Colégio Estadual de Ensino Médio São Caetano.
Referências: